Tempo
|
A+ / A-

Costa lança recandidatura de Marcelo. Quer voltar à Autoeuropa no próximo mandato do Presidente

13 mai, 2020 - 13:37 • Ricardo Vieira

Primeiro-ministro desafia, indiretamente, Marcelo Rebelo de Sousa a recandidatar-se. "Cá estaremos todos", disse o Presidente da República em resposta, durante uma visita à fábrica de Palmela, sem confirmar se vai ser candidato às presidenciais de 2021.

A+ / A-

O primeiro-ministro, António Costa, quer regressar à fábrica da Autoeuropa, em Palmela, no próximo mandato do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que ainda não confirmou a recandidatura.

"Estabeleceu-se uma nova tradição de que o primeiro-ministro e o Presidente da República vêm em conjunto à Autoeuropa. Foi assim em 2016, no primeiro ano de mandato do senhor Presidente da República, foi agora também no último ano do atual mandato", começou por referir António Costa, com Marcelo Rebelo de Sousa junto a si, durante uma visita à Autoeuropa.

"Foi-nos lançado o desafio que, da próxima vez que viermos cá, devíamos partilhar com os colaboradores da Autoeuropa uma refeição no refeitório. Como não há duas sem três, cá havemos de voltar outra vez. Eu disse na altura que tinha uma boa data simbólica a propor para fazermos essa terceira visita em conjunto e para partilharmos essa refeição. Se viemos cá no primeiro ano de mandato do senhor Presidente, se viemos cá no último ano do atual mandato do senhor Presidente, a terceira data é óbvia: é no primeiro ano do próximo mandato do senhor Presidente", declarou o primeiro-ministro.

Marcelo diz que "cá estaremos"

Na sua intervenção, o Presidente da República deixou uma palavra de confiança na capacidade dos portugueses ultrapassarem esta nova crise causada pela pandemia de Covid-19 e disse que "cá estará" nos próximos anos.

"Nós vamos continuar a confiar nos portugueses. Nós vamos ultrapassar esta pandemia e os efeitos económicos e sociais, este ano, no ano que vem, nos anos próximos. Eu cá estarei e cá estaremos todos, porque isto é um espírito de equipa que se formou e que nada vai quebrar, cá estaremos este ano e nos próximos anos a construir um Portugal melhor", declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

Questionado pelos jornalistas se tem vontade de se recandidatar, o Presidente da República respondeu: "é prematuro estar agora a falar dessa matéria, o que importa neste momento é a vontade de trabalharmos em conjunto".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Nuno
    13 mai, 2020 Pereira 18:34
    Vede como eles se amam.... O que se faz para desviar as atenções dos problemas dos pobres e famílias que estão a passar fome. Como se gosta de assobiar para o lado diante daqueles que estão a ficar sem emprego e sem rendimentos para honrarem os seus compromissos e porem pão nas suas mesas. Neste país, para alguns, vale tudo para manter o poder. Tristes figuras. Tristes governantes.
  • Americo
    13 mai, 2020 Leiria 14:13
    Que mais nos virá acontecer.......!!!!?????????