Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Santuário de Fátima apela para que peregrinos acendam vela na janela das casas

11 mai, 2020 - 12:58 • Lusa

"Não se peregrina só com os pés, mas também com o coração", lembra o reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas.

A+ / A-

O Santuário de Fátima desafiou, esta segunda-feira. os peregrinos a acenderem uma vela nas janelas das suas casas na noite de terça-feira, a partir das 21h30, no começo de uma peregrinação sem peregrinos devido à covid-19.

Já na última segunda-feira, diz 4, o reitor deixara o mesmo apelo numa intervenção dirigida aos peregrinos que este ano não poderão estar fisicamente na Cova da Iria, para o 12 e 13 de Maio, conforme decisão anunciada a 6 de abril e reafirmada no domingo pelo bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto.

"Não podemos contar com a vossa presença física, mas gostaríamos de poder contar convosco. Porque não se peregrina só com os pés, mas também com o coração, propomos-vos que façais connosco uma peregrinação pelo coração, em que o caminho não é físico, mas interior", afirma o reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas, citado numa nota de imprensa.

Nessa nota, o Santuário desafia todos os peregrinos a acenderem uma vela na noite de terça-feira, no momento em que começam as celebrações de uma peregrinação "atípica", "repetindo assim um dos gestos mais icónicos de Fátima".

Pela primeira vez na sua história, o Santuário de Fátima vai celebrar os dias 12 e 13 de maio sem peregrinos nos seus espaços, na sequência das decisões sanitárias determinadas pelas autoridades de saúde face à pandemia da Covid-19.

"Este é um momento doloroso: o Santuário existe para acolher os peregrinos e não o podermos fazer é motivo de grande tristeza; mas esta decisão é igualmente um ato de responsabilidade para com os peregrinos, defendendo a sua saúde e o seu bem-estar", afirma Cabecinhas, reiterando o apelo aos peregrinos para que fiquem em casa e evitem deslocações até ao Santuário, que estará com os seus acessos fechados.

A peregrinação de maio vai começar na terça-feira, às 21:30, a partir da Capelinha das Aparições, com transmissão em www.fatima.pt, assim como no canal de Youtube e na página de Facebook do Santuário.

As celebrações vão decorrer no Recinto de Oração, apenas com a presença de pessoas diretamente implicadas nos diferentes momentos da peregrinação.

A 12, após a oração do rosário, seguir-se-á a Procissão de Velas, desta feita num trajeto mais curto.

No dia 13, a oração do rosário começa às 09:00, na Capelinha das Aparições, seguindo-se a celebração da missa, presidida pelo cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima, terminando as celebrações com a Procissão do Adeus.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.