Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Morreu Adelino Vaz, autor do slogan “Soares é fixe”

29 abr, 2020 - 20:55 • Lusa

Frase “colou à pele” do então candidato presidencial Mário Soares, que viria a vencer as eleições de 1986.

A+ / A-

O autor do slogan "Soares é fixe", nas presidenciais de 1986, Adelino Vaz, ex-dirigente da JC, morreu e será sepultado na quinta-feira em Lisboa, disse esta quarta-feira à Lusa o dirigente do PS Vítor Ramalho.

Apoiante de Mário Soares (1924-2017) ao longo dos anos, Vítor Ramalho recordou, em declarações à Lusa, que o slogan que “se colou à pele” do fundador do PS e antigo Presidente da República surgiu numa discussão entre dois jovens, na altura, António Ribeiro e Adelino Vaz, que era do CDS e antigo dirigente da Juventude Centrista.

Aconteceu, descreveu, numa reunião, ainda em 1985, do MASP (Movimento de Apoio Soares a Presidente), “numa altura em que as sondagens davam 8%” ao fundador do PS e que, nas urnas, derrotou Freitas do Amaral e esteve no Palácio de Belém até 1996.

Adelino Vaz morreu no início do mês em Faro, mas o seu funeral só se realizará na quinta-feira, no cemitério do Lumiar, em Lisboa, em resultado de uma ação solidária de militantes do PS que o conheceram.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+