Tempo
|
A+ / A-

Gulbenkian lança plataforma para angariar computadores

22 abr, 2020 - 17:16 • Dina Soares

A plataforma Student Keep permite a quem tem computadores para dar encontrar os estudantes que deles precisam para poderem seguir as aulas à distância.

A+ / A-

Para juntar quem precisa de um computador e quem tem um computador para dar, a Fundação Gulbenkian criou a plataforma Student Keep, destinada a angariar equipamento informático para os alunos que não têm acesso ao ensino à distância.

O projeto, desenvolvido em parceria com o Banco Santander Consumer Portugal, pretende, através de apoio financeiro e da promoção de uma campanha, sensibilizar as empresas e a população em geral para a doação de computadores, tablets, hospots ou telemóveis.

Os “keepers” ou padrinhos, que podem ser pessoas individuais ou coletivas, disponíveis para doar equipamento informático. A entrega do material angariado será feita em articulação com os Agrupamentos Escolares. Quem quiser entrar no projeto, seja para dar, seja para receber, basta ir ao site studentkeeper.org e seguir os passos indicados.

Para que a falta de material informático não continue a ser um obstáculo para milhares de alunos mais vulneráveis, a Fundação Gulbenkian avançou com esta iniciativa no quadro do Fundo de Emergência Covid-19, criado pela instituição em março com o objetivo de mitigar os efeitos da pandemia em cinco grandes domínios de intervenção: Saúde, Ciência, Sociedade Civil, Educação e Cultura. Desde a sua criação, este fundo já lançou mais de duas dezenas de iniciativas e mobilizou cerca de cinco mil voluntários.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.