Covid-19. Ex-reclusos encontraram um novo lar no campismo de Monsanto

20 abr, 2020 - 06:45 • Beatriz Lopes , Ricardo Fortunato

Em Monsanto, entre bungalows que lhes são a casa provisória e a pacatez das árvores e dos pássaros, vivem hoje, no centro de Lisboa, seis ex-reclusos que se viram obrigados a pedir ajuda por não terem um teto ou apoio das famílias. Por estes dias, é provável que se cruze com alguns deles a limpar as ruas de Lisboa. A ocupação pode até ser temporária, para se reinserirem numa sociedade que "não os deve temer".

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.