|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Cristiano Ronaldo é "amplificador" das mensagens da OMS

17 abr, 2020 - 08:32 • Carlos Dias

Publicações do futebolista português na rede social Instagram tiveram alcance equivalente a uma campanha milionária.

A+ / A-

Veja também:


Cristiano Ronaldo continua a marcar golos, mesmo afastado dos relvados. Durante o mês de março, o internacional português deu eco às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), com duas publicações na rede social Instagram.

O alcance destas publicações foi analisado pela "The Metrics Factory". A agência francesa de consultoria em comunicação e marketing digital concluiu que a OMS precisaria de investir 1 milhão e 153 mil euros para obter a repercussão alcançada por CR7. As duas publicações geraram 8 milhões de "gostos" e 664,4 milhões de visualizações e mais de 97 mil comentários. Números que continuam a crescer.

Ronaldo, que está recolhido na sua casa na ilha da Madeira, apelou, numa primeira mensagem, para que todos seguissem os conselhos da OMS e, numa segunda publicação, partilhou conselhos práticos para evitar o contágio, recomendados pela mesma organização.

Ronaldo, de acordo com o estudo apresentado, multiplicou por 40 o impacto das mensagens da OMS. O jogador da Juventus tem mais de 200 milhões de seguidores no Instagram. Em isolamento na Madeira, desde que o campeonato italiano foi suspenso, Cristiano Ronaldo já voltou aos treinos, sozinho. O capitão da seleção nacional trabalha no relvado do Nacional da Madeira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.