|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Pandemia de Covid-19

Aborrecido em casa? Recriações de obras de arte invadem redes sociais

10 abr, 2020 - 20:50 • Reuters com Redação

Iniciativa começou num grupo de língua russa e alastrou-se pelo mundo inteiro, com a recriação das obras dos pintores mais famosos da história.

A+ / A-

Veja também:


As redes sociais estão a ser invadidas por recriações caseiras e humorísticas das principais obras de arte do mundo, desde Leonardo Da Vinci até Edvard Munch.

A ideia surgiu no Texas, quando Natalia Goroshko, uma imigrante bielorrussa de 31 anos, se apercebeu que o seu pequeno-almoço tinha semelhanças com os relógios da obra "A Persistência da Memória", uma das pinturas mais icónicas de Salvador Dalí.

Goroshko registou e partilhou o momento nas redes sociais, tendo criado um grupo no Facebook para a comunidade russa, que conta já com mais de 300 mil participantes. A ideia já foi replicada em diversos locais do mundo, como através de uma conta de Instagram holandesa e até pelo Museu Getty, em Los Angeles.

"As pessoas têm muito tempo livre agora e começaram a ser absorvidas pela arte", disse Goroshko, à agência Reuters.

Com o isolamento social a ser uma realidade em praticamente todo o mundo, devido ao recolhimento provocado pela pandemia de Covid-19, a criatividade está naturalmente limitada aos artigos que as pessoas já possuem em casa.

Criada há cerca de uma semana, a conta de Facebook "Izoizolyacia" (Isolamento de Arte, em tradução livre) tem dado asas à imaginação de dezenas e dezenas de cibernautas.

O engenho na tentativa de replicar quadros famosos como, por exemplo, "O Grito", de Edvard Munch, com o que está mais à mão (literalmente), não parece ter limites.

Alguns participantes vão mais longe e envolvem a família no processo de (re)criação das obras de arte, que saltaram das paredes de museus famosos para as redes sociais em todo o mundo.

Recriação de "O mistério dos horizontes", de René Magritte

Recriação do quadro "A rapariga e o gato", de Sandra Pelser

Recriação da obra "A persistência da memória", de Salvador Dalí

Recriação da pintura "Composition with Large Red Plane, Yellow, Black, Grey and Blue", de Piet Mondrian (1921)

Recriação do quadro Lágrimas de Freya, de Anne-Marie Zilberman

Recriação do quadro "The Young Lady with a Shiner", de Norman Rockwell


Mapa-múndi do novo coronavírus

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.