|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Pandemia de Covid-19

Rui Rio defende a renovação do estado de emergência

09 abr, 2020 - 22:17 • Redação

Líder do PSD diz que a evolução positiva da propagação do novo coronavírus não significa que os portugueses devem parar de cumprir medidas de contenção.

A+ / A-

Veja também:


Rui Rio defende que será necessário renovar o estado de emergência por mais duas semanas. Em entrevista à SIC esta quinta-feira à noite, o líder do PSD disse não ver outra forma para impedir a propagação da pandemia da Covid-19 em Portugal.

"Eu diria que vai ter de ser uma renovação do estado de emergência, na minha opinião. Podemos ter medidas mais ligeiras, mas não sei se isso vai ser poissível", começou por dizer.

À data, Portugal tem 13.956 infetados pela Covid-19 e um total de 409 óbitos. Rio reconhece os resultados positivos das medidas de contenção, mas alerta para a falsa sensação de segurança.

"A verdade que os números são menos graves e a evolução é no sentido positivo. Mas as pessoas não se devem entusiasmar e deixem de cumprir. A evolução é porque os portugueses estão a cumprir, é o pedido que faço, vamos continuar a cumprir, se estamos a ganhar é porque estamos a cumprir. É fundamental continuarmos com esta disciplina. Tem que ser", afirma.

O estado de emergência foi prolongado até dia 17 de abril no dia 2, com votos a favor do PSD, PS, Bloco de Esquerda, CDS e PAN. PCP, Os Verdes, Chega e a deputada não inscrita Joacina Katar Moreira abstiveram-se e a Iniciativa Liberal votou contra.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.