|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Alunos do Básico ficam em casa (com telescola)

09 abr, 2020 - 16:27 • Ricardo Vieira

Governo vai manter, até ao final do ano letivo, o regime de apoio especial às famílias com filhos menores de 12 anos, anuncia António Costa.

A+ / A-

Veja também:


Os alunos do ensino básico, do 1.º ao 9.º ano, não terão aulas presenciais na escola até ao final do ano letivo devido à pandemia de Covid-19, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro, António Costa. A medida também abrange o 10.º ano.

O terceiro período escolar arranca a 14 de abril, mas sem atividades letivas presenciais no básico, afirma o chefe do Governo.

No caso do ensino básico, do 1.º ao 9.º ano, os alunos terão ensino à distância, que será garantido com o apoio da telescola, "com conteúdos pedagógicos que complementarão, sem substituir, o trabalho que os professores vêm mantendo com os seus alunos".

A telescola arranca no dia 20, no canal RTP Memória, adiantou o chefe do Governo, depois de uma reunião do Conselho de Ministros.

Também não haverá provas de aferição, nem exames no 9.º ano, revelou António Costa.

A avaliação no ensino básico será feita em cada escola "pelos professores que melhor conhecem o conjunto do percurso educativo de cada aluno".

O Governo vai manter, até ao final do ano letivo, o regime de apoio especial às famílias com filhos menores de 12 anos, assegurou o primeiro-ministro.

[notícia atualizada às 16h49]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • roger
    09 abr, 2020 braga 16:44
    E assim, o governo acaba por matar os pequenos empresários que possuem cafés e outros tipos de comércio próximos às escolas e estavam esperando o retorno das aulas para poderem voltar a sobreviverem.