|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Portugueses reforçam ligação à rádio em tempo de isolamento social

08 abr, 2020 - 11:29 • Luís Aresta

Dados da Marktest comprovam aumento significativo da audiência de rádio durante o mês de março, altura em que muitos portugueses inciciaram o isolamento social devido à Covid-19.

A+ / A-

Em tempo de recolhimento, a maioria dos portugueses não perdeu o hábito de ouvir rádio. De acordo com dados da Marktest, que a título excepcional revela dados de consumo de rádio de um só mês - março -, 55,9% dos portugueses ouviu rádio diariamente.

Em comunicado, suportado em dados da Marktest, o Grupo Renascença Multimédia evidencia também o crescimento da escuta das emissões das rádios do grupo.

“A reclusão da grande maioria da população alterou hábitos de consumo, incluindo de meios de comunicação, mas confirma-se a elevada escuta de rádio, que se antecipou ao longo do mês de março através de elevados crescimentos registados na escuta das emissões ‘online’ das Rádios do Grupo Renascença Multimédia – RENASCENÇA, RFM e MEGA HITS .

Relativamente ao indicador AAV (Audiência Acumulada de Véspera) para o Total Rádio, os dados obtidos pela Marktest apontam para um valor ligeiramente inferior ao patamar registado nas vagas de 2019, que era de aproximadamente 60%.

Esse indicador de consumo de rádio está agora nos 58%. Este último dado permite ao mercado perceber melhor o impacto da Covid-19 nas audiências de rádio, comparando valores da última vaga oficial, da vaga intermédia e dos dados específicos mês de Março. Segundo o Grupo Renascença Multimédia, a "Audiência Acumulada de Véspera está dentro do intervalo de variação dos últimos cinco anos".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.