|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Presidenciais EUA

Bernie Sanders desiste da corrida à Casa Branca

08 abr, 2020 - 16:43 • Redação

"Esta campanha chegou ao fim, mas o nosso movimento não", declarou o senador, que deixa a porta aberta para Joe Biden ser o candidato do Partido Democrata contra Donald Trump.

A+ / A-

O candidato democrata Bernie Sanders anunciou esta quarta-feira que vai suspender da campanha às primárias do Partido Democrata e desistir da corrida à Casa Branca.

O senador pelo estado do Vermont, de 78 anos, abre assim o caminho para Joe Biden ser o candidato oficial do Partido Democrata nas eleições presidenciais de novembro, contra o republicano Donald Trump.

Bernie Sanders anunciou a sua decisão numa declaração aos seus apoiantes, transmitida através da internet.

A candidatura às primárias do Partido Democrata termina por aqui, "mas a luta pela justiça continua", afirma Bernie Sanders, que elogiou Joe Biden e disse que agora o objetivo comum é afastar Trump da Casa Branca.

O senador considera que a sua "nova visão" para os Estados Unidos "venceu a luta ideológica nos últimos anos", com a maioria dos americanos a defender, agora, a subida do salário mínimo, saúde para todos, energia limpa e aposta na educação.

Bernie Sanders afirma que a atual pandemia de Covid-19 "expôs o quão absurdo é o sistema de saúde" norte-americano, que deixa milhões de pessoas sem acesso a cuidados essenciais.

"Os cuidados de saúde devem ser considerados um direito humano básico, e não um direito dos trabalhadores", declarou.

O senador alerta que os EUA enfrentam uma "crise sem precedentes", com a Covid-19 e as consequências económicas da pandemia.

A situação está a provocar um "desastre económico", milhões de empregos foram perdidos nas últimas semanas. "O Congresso tem que atacar esta crise sem precedentes de forma sem precedentes", defende Bernie Sanders, que promete continuar a lutar pelas famílias norte-americanas.

"Esta campanha chegou ao fim, mas o nosso movimento não", declarou o senador.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.