Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Marcelo admite escolas fechadas até ao final de abril

07 abr, 2020 - 14:19 • Dina Soares

"Há uma tendência lenta mas positiva", afirma o Presidente depois de uma reunião com especialistas. É preciso manter o esforço de confinamento em abril para dar passos de liberdade em maio, sublinha.

A+ / A-

Veja também:


O Presidente da República admite que as escolas se devem manter encerradas até ao final do mês de abril, embora tenha remetido para o primeiro-ministro o anúncio desta decisão.

No final de mais uma reunião com especialistas no Infarmed, Marcelo Rebelo de Sousa saiu otimista com os resultados conseguidos até agora na luta contra a covid-19, mas insistiu na ideia de que é vital manter as medidas restritivas em abril para se poder começar a retomar a atividade em Maio. "Se queremos ganhar a liberdade em maio, temos que a conquistar em abril", afirmou o Presidente.

Marcelo explicou que a reunião foi longa porque se analisaram, em detalhe, todos os aspetos da situação atual, tanto ao nível dos cuidados de saúde como a nível do seu impacto social.

Citou também os especialistas presentes na reunião, no que toca ao imperativo de manter o confinamento social.

O chefe de Estado citou ainda António Costa, que tem repetido que a luz ao fundo do túnel exista, mas ainda não está visível, para deixar a mensagem de que, se os portugueses mantiverem os seus esforços, essa luz será, certamente, visível em maio.

Os especialistas disseram a Marcelo Rebelo de Sousa que "o processo em curso está a conhecer passos positivos, no crescimento diário do número de casos, na redução da propagação do vírus. São dois exemplos de que há uma tendência positiva. Lenta, mas positiva", sublinhou.

As reuniões entre o Presidente da República, o primeiro-ministro, o presidente da Assembleia da República, representantes de todos os partidos e especialistas têm-se repetido todas as terças-feiras. A avaliação relativa à abertura das aulas presenciais está marcada para a próxima quinta-feira, dia 9. A decisão será anunciada nesse dia por António Costa.

Evolução do coronavírus em Portugal

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.