Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Escapou em Itália e apanhou em Portugal. Árbitro Fábio Veríssimo infetado com novo coronavírus

06 abr, 2020 - 15:41 • Maria João Costa

Fábio Veríssimo soube esta segunda-feira que deu positivo o teste para a covid-19. O árbitro tinha sintomas da doença desde o final da semana passada.

A+ / A-
Veja também:

O árbitro de futebol Fábio Veríssimo encontra-se bem e a ser tratado em casa. Em comunicado, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol confirma assim a notícia de que o árbitro internacional, de 37 anos, está infetado com o novo coronavírus. Os sintomas terão começado no final da semana passada, e Fábio Veríssimo vai continuar em casa a recuperar.

O árbitro recebeu esta segunda-feira a confirmação depois de realizar um teste. No comunicado, o Conselho de Arbitragem da FPF indica que “o contágio aconteceu em Portugal, onde contactou com uma pessoa infetada”.

Veríssimo já tinha antes cumprido uma quarentena de quinze dias, depois de ter viajado para Itália onde apitou um jogo dos oitavos de final da Liga Jovem da UEFA entre a Juventus e o Real Madrid, a 10 de março.

Já em território português, o árbitro de Leiria não escapou ao vírus. O jornal desportivo Record escreve que Fábio Veríssimo “esteve com pessoas que vieram de outro país europeu e que, ao que tudo indica, terá sido essa a fonte de contágio”.

O Conselho de Arbitragem da FPF indica que Fábio Veríssimo “continuará a ser acompanhado pelas autoridades de saúde e pela Unidade de Saúde e Performance da FPF”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+