Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus. Mais de 20 mil em quarentena após encontro religioso no Paquistão

05 abr, 2020 - 22:48 • Lusa

Depois do encontro, pelo menos 154 casos foram confirmados só nas regiões de Pendjab e Sindh.

A+ / A-

Veja também:


Mais de 20 mil fiéis muçulmanos, que participavam num encontro religioso na cidade de Lahore, no Paquistão, foram forçados a ficar em quarentena devido à pandemia da covid-19.

Face à progressão do novo coronavírus, o Governo paquistanês tinha interditado o encontro religioso do Tablighi Jamaat, mas os seus organizadores ignoraram as ordens e mais de 100 mil pessoas oriundas de 70 países juntaram-se em Pendjab.

Grande parte viajou pelo Paquistão e para fora das suas fronteiras sem terem sido testados.

Em Lahore, 7 mil estão em quarentena, em Sindh outros 8 mil e em Khyber Pakhtunkhwa mais 5.300, dos quais alguns testaram positivo, disse o porta-voz da administração da região, Ajmal Wazir, à AFP.

Depois do encontro, pelo menos 154 casos foram confirmados só nas regiões de Pendjab e Sindh.

No Paquistão, morreram 45 cidadãos por Covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 65 mil. Dos casos de infeção, mais de 233 mil são considerados curados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.