|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

EUA ultrapassam China em número de casos confirmados de infeção pelo coronavírus

26 mar, 2020 - 21:37 • Redação

De acordo com dados oficiais da Universidade Johns Hopkins, há 81.321 casos positivos de infeção por Covid-19 no território norte-americano.

A+ / A-

Veja também:


Os Estados Unidos ultrapassaram a China e passam a ser o país com maior número de casos confirmados de Covid-19. De acordo com dados atualizados pela Universidade Johns Hopkins ao final desta quinta-feira, já há registo de, pelo menos, 81,578 pessoas infetadas com o novo coronavírus em território norte-americano.

Há, até ao momento, segundo balanço, 1.180 vítimas mortais. Os especialistas já tinham declarado que os EUA seria dos territórios mais afetados pela pandemia de Covid-19, argumentando que os responsáveis políticos perderam a oportunidade de dar uma resposta rápida à pandemia.

O Senado norte-americano aprovou um plano histórico de 1,8 biliões de euros de apoio à economia e às famílias para combater as consequências provocadas pela pandemia de Covid-19.

Na atualização do seu balanço com base em dados oficiais, ao final desta quinta-feira, a AFP avançou que já há mais de meio milhão de pessoas infetadas pelo novo coronavírus, que já provocou quase 230 mil mortos em todo o mundo.

Nesse balanço, os EUA ainda surgem atrás da China e de Itália em número total de casos confirmados. Contudo, a agência faz a ressalva de que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções em cada país.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.