|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Mão pesada para emigrantes que furaram quarentena

26 mar, 2020 - 16:35 • Olímpia Mairos

As multas vão dos mil e oitocentos aos seis mil euros.

A+ / A-

O Tribunal de Chaves condenou esta quinta-feira os quatro emigrantes originários de Ribeira de Pena detidos ontem, em Chaves, por desobediência à quarentena.

Dois dos detidos, empresários no ramo da construção civil, com empresas em Portugal, França e na Bélgica, foram condenados a uma multa de seis mil euros cada.

Já aos outros dois detidos, funcionários dos empresários, foi aplicada, a cada um, uma multa de 1. 800 euros.

Os quatro homens foram detidos ontem, pela PSP de Chaves, por “desobediência e desrespeito à quarentena que foi imposta”.

Segundo o comandante da divisão de Chaves da PSP, Luís Alves, os emigrantes, com idades entre os 19 e 46 anos, entraram em território português no dia 22 de março e foram notificados pela GNR, presente na fronteira, a permanecer em quarentena durante os 14 dias determinados por lei.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio
    26 mar, 2020 vila pouca de aguiar 17:30
    Ir de Ribeira de Pena a Chaves para compras...é uma desculpa à chico tuga!