|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

SIGA AQUI AO MINUTO

Há 8.251 casos confirmados de Covid-19 e 187 mortos

26 mar, 2020 - 00:00 • Redação

A pandemia de Covid-19 chegou a Portugal no início de março e dia 18 o Presidente da República decretou o estado de emergência. Por todo o mundo fecham-se fronteiras e restringe-se a circulação para impedir a propagação do novo coronavírus, que surgiu na China, em dezembro.

A+ / A-
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • VITOR GOMES
    30 mar, 2020 PORTO 19:43
    Seria conveniente que todos, e nomeadamente a DGS estabelecem-se um equilíbrio de opinião pública. Não temos dedos que adivinham! As medidas devem ser adotadas com responsabilidade e sentido pleno necessário, sem interesses pessoais, comerciais, politicos....
  • Americo
    28 mar, 2020 Leiria 13:04
    A sra ministra sorri de quê ?
  • Desabafo Assim
    21 mar, 2020 19:46
    Se não escondem nada sabem tanto como nós. O segredo está em poupar e acarinhar, (distribuir tarefas menores e repetitivas do sistema por outros não credenciados) as cabeças do SNS, usa-los até à exaustão é má gestão e tem um preço.
  • omem
    21 mar, 2020 lisboa 16:40
    “O vírus não vai desaparecer.” Depois da bonança, voltará um novo ciclo de quarentena antes do fim do ano
  • Manuel
    20 mar, 2020 Entroncamento 22:08
    Bem, gostava de saber se o ramo imobiliário faz parte deste país! Servimos para pagar impostos mas somos esquecidos quando necessitamos que nos ajudem também.
  • Sara
    17 mar, 2020 Lisboa 12:57
    Agora já começamos a perceber a razão de compra de papel higiénico , para limpar a porcaria que o governo fez, agiu tardiamente, não viu os exemplos dos outros países, esqueceu se da nossa fragilidade em todos os sectores.. A todos nós fica acreditar que fazêmos o melhor por nós e pelos outros.. Tantas leis em Portugal para condições higiénicas, deviam pensar que a China não as pratica não tem leis, os chineses só deviam circular no mundo se tivessem leis de higiene e segurança. A maior parte de doenças vem deste país e nunca ninguém fez nada
  • Camponio da beira
    16 mar, 2020 Viseu 16:21
    Deviam dizer quantas vitimas fez nas ultimas 24 horas a gripe sazonal e pneumonia.