|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Coronavírus

​Motoristas de mercadorias sem paragens obrigatórias

26 mar, 2020 - 18:11 • Sandra Afonso

Medida está em linha com o que já foi decidido por Espanha e com as orientações europeias, mas novas iniciativas “não podem de forma alguma colocar em causa a segurança rodoviária e dos motoristas”.

A+ / A-

Veja também:


O Governo suspendeu por 15 dias o limite máximo diário de condução para os motoristas de transporte de mercadorias. Estão também levantadas as disposições sobre os “períodos de repouso semanal”.

Em comunicado, o Ministério das Infraestruturas justifica a medida com a “crucial importância” neste momento do transporte de bens essenciais por via terrestre. “Com os movimentos transfronteiriços com Espanha limitados, com o espaço aéreo e por via marítima condicionados pelas limitações impostas pelo Governo português e parceiros europeus, o abastecimento de Portugal tem-se feito sobretudo através de transporte rodoviário.”

Esta medida está em linha com o que já foi decidido por Espanha e também com as orientações europeias, escreve a tutela. Ainda assim, estas novas iniciativas “não podem de forma alguma colocar em causa a segurança rodoviária e dos motoristas”

O Ministério sublinha que “cada um é responsável por não conduzir se estiver cansado ou com sinais de fadiga. Cabe igualmente aos empregadores garantir a saúde e segurança dos seus trabalhadores.” Vão manter-se as ações inspectivas em estrada, “para consulta dos dados tacográficos”, que permitirão assegurar o cumprimento destas ações.

À data, Portugal conta com 3.544 casos confirmados, mais de 22 mil casos suspeitos, 43 recuperados e 60 mortes.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou perto de 450 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 20 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Globalmente, o continente africano contabiliza mais 2.700 casos e 72 mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.