|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Odemira. Reforço de medidas num concelho que conhece bem o isolamento social

25 mar, 2020 - 16:49 • Rosário Silva

Uma linha de apoio social à população idosa e isolada, apoio psicológico, o projeto “Vizinhança Solidária” e o reforço do combate à violência doméstica, estão entre as medidas anunciadas para o maior município português em extensão territorial e com o índice de envelhecimento mais elevado do Alentejo litoral.

A+ / A-

É um concelho com uma enorme dispersão territorial, por isso o conceito de “isolamento social” não é propriamente estranho. Odemira, no distrito de Beja, é o maior município português em extensão territorial, com 1720,6 km2 . Divide-se por 13 freguesias, com mais de 135 aglomerados populacionais, a maioria dos quais dista cerca de 30 minutos da sede de concelho.

“Num concelho com enorme dispersão territorial e com uma grande faixa da população com mais de 65 anos de idade, onde o isolamento social é uma realidade, é fundamental a articulação de respostas sociais na prevenção ao Covid-19, numa estreita colaboração entre as diversas entidades que compõem a Rede Social de Odemira”, descreve, em nota enviada à Renascença, a câmara municipal.

Assim, o município, as entidades da economia social e as freguesias do concelho decidiram entre si “um conjunto de medidas de apoio aos cidadãos mais desfavorecidos e isolados”, como forma de prevenção, “com especial incidência na população sénior e de forma a proteger este grupo de risco.”

Entre essas medidas, surge, desde logo, uma linha de apoio do setor de Ação Social do município odemirense, que já” está disponível através do contacto 961 620 618, para apoio, informação e articulação com as restantes entidades da rede social, sendo dirigida aos munícipes carenciados.”

Tendo em conta que Odemira apresenta o índice de envelhecimento mais elevado do Alentejo litoral, o apoio social à população idosa e isolada no concelho, está a ser implementado pelas juntas de freguesia, através do transporte de alimentos e medicamentos. “Quem vive sozinho e sem qualquer tipo de apoio familiar ou de vizinhança pode contactar a respetiva Junta de Freguesia e informar-se da possibilidade de usufruir desse serviço”, explica a autarquia.

A pensar no apoio psicológico de prevenção e combate ao isolamento dos idosos, a equipa de psicólogos da TAIPA – Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado do Concelho de Odemira, está no terreno, através dos contactos 969 230 907 e 967 918 064. Trata-se de um serviço dirigido a cidadãos do concelho com mais de 65 anos, para combate à solidão.

“Vizinhança Solidária” é outra iniciativa e que pretende promover o voluntariado junto da população idosa, valorizando o papel dos vizinhos num momento de maior fragilidade, onde a solidão e o isolamento desta população são uma preocupação.

“Os voluntários que pretendam dar o seu tempo por esta causa devem contactar os números 969 230 907 e 968 803 219”, é anunciado, num projeto que tem a coordenação do CLDS 4G – Contrato Local de Desenvolvimento Social - Geração Ativa, promovido pela TAIPA em parceira com o Banco Local de Voluntariado.

Outra das preocupações, revela o município, prende-se com o combate à violência doméstica, por isso há, também, uma resposta essencial, “sendo um serviço prestado no concelho através do Gabinete de Apoio à Vítima de Odemira (GAVA), com o contacto 924 467 767”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.