Tempo
|
A+ / A-

​INEM faz testes a utentes e funcionários do lar de Vila Real

25 mar, 2020 - 13:30 • Olímpia Mairos

Idosos infetados com Covid-19 foram transportados para o Hospital Militar do Porto.

A+ / A-

Veja também:


Os 11 idosos do Lar de Nossa Senhora das Dores, em Vila Real, testados positivos para covid-19, já foram transportados em ambulâncias para o Hospital Militar do Porto. Dois outros utentes estão internados no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Ao longo do dia, uma equipa do INEM vai fazer testes a todos os idosos e funcionários.

“A Direção Geral de Saúde decidiu que seria mais prudente, para proteger os idosos e também os funcionários, em vez de fazer testes à chegada, era melhor fazer os testes aqui, a todos os idosos e a todos os funcionários e só depois encaminhá-los. Há uma estrutura em Braga, pronta para receber estas pessoas. É uma questão de proteção de todos”, explica o presidente da Câmara Municipal de Vila Real.

Rui Santos, sublinha que os cerca de 60 utentes deverão, depois, mediante os resultados, ser “encaminhados para o hospital Militar de Braga, que está entregue à Cruz Vermelha”.

O apoio aos utentes está neste momento a ser prestado por elementos da Cruz Vermelha e a Segurança Social vai assegurar as refeições.

Os funcionários confirmados com covid-19 encontram-se em isolamento profilático e os restantes vão efetuar testes.

Segundo o presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, a evacuação do lar é uma “operação complexa” que envolve “os ministérios da Defesa, Segurança Social e da Saúde, 21 corporações, 30 ambulâncias e um autocarro".

O primeiro caso positivo no Lar de Nossa Senhora das Dores foi detetado no domingo, tratando-se de um doente oncológico.

De acordo com o autarca, nesse mesmo dia foi “solicitada a realização de testes a todos os funcionários e utentes. Infelizmente esses testes não aconteceram, aconteceram só àqueles com sintomatologia. Foram testados 15 utentes, dando 13 positivo, e oito profissionais, dando 7 positivo”.

“Perante a gravidade desta circunstância” e por causa da cadeia de contacto identificada no Lar da Nossa Senhora das Dores, o município acionou o plano de emergência municipal.

De acordo com o autarca de Vila Real, a ativação do plano decorre essencialmente da “necessidade de aprofundar a articulação entre as várias entidades com um papel na pandemia de Covid-19 e de centralizar a informação sobre todas as questões relacionadas com o combate”.

O Lar Nossa Senhora das Dores é uma instituição particular de solidariedade social no centro histórico de Vila Real.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.