Tempo
|
A+ / A-

Cerca sanitária em aldeia de Melgaço com 3 casos de coronavírus

25 mar, 2020 - 15:17 • Maria João Costa

Câmara de Melgaço implementou uma cerca sanitário na aldeia de Parada do Monte. Há três casos confirmados de Covid-19 entre os cerca de 350 habitantes.

A+ / A-

“Ninguém sai de Parada do Monte e as entradas estão limitadas a situações estritamente necessárias". Quem o diz é Manoel Batista. O autarca de Melgaço decretou um cerco sanitário à aldeia com cerca de 350 habitantes, depois de ter sido confirmado o terceiro caso de infeção pelo novo coronavírus.

O presidente do município indica à Renascença que a decisão foi tomada às primeiras horas desta quarta-feira, em articulação com as autoridades de saúde e o posto local GNR. Para já, Manoel Batista não até quando irá manter esta restrição nas entradas e saídas desta aldeia. Segundo o autarca, a medida será "avaliada diariamente".

“Achamos que era fundamental tomar esta medida para confinar as pessoas ao espaço territorial da freguesia e com isso protegê-las”, esclarece o autarca socialista daquele concelho do distrito de Viana do Castelo. Manoel Batista acredita que assim, a população, na sua maioria idosa, vai evitar qualquer “contato social que possa acelerar a disseminação do vírus”.

Para proteger o resto da população do município foram colocadas “barreiras físicas”. Só se sai ou entra da aldeia de Parada do Monte por alguma razão de força maior, explica o autarca à Renascença: “só razões profissionais, de recursos alimentares ou medicamentosos”.

Neste momento, explica Manoel Batista, "há mais duas pessoas em isolamento profilático, em casa, à espera do resultado dos testes de despiste da doença".

Sobre a origem do foco na aldeia de Parada do Monte, o presidente de Melgaço adianta que a explicação “mais plausível é que a transmissão tenha sido feita pelo filho e a nora do primeiro doente infetado, emigrantes que chegaram no início de março à freguesia". Segundo Manoel Batista, "ambos estão também em confinamento domiciliário".

Entretanto, os três casos positivos de Covid-19 foram já internados. Estão no Hospital de Santa Luzia em Viana do Castelo. Tratam-se de um homem de 82 anos e um casal de 82 e 85 anos.

Em entrevista telefónica, o presidente da Câmara de Melgaço explica que tem tido a estreita colaboração, além da GNR e das autoridades de saúde, das forças vivas da aldeia, nomeadamente do presidente da junta de freguesia e do pároco local, o padre Raul.

Manoel Batista revela que, do contacto que fez com estes dois elementos, tem o testemunho de que “as pessoas estão a acatar muito bem a medida, estão a entendê-la e a interpretá-la pelo lado positivo, sabendo que no decorrer da próxima semana vamos poder ter de a manter”.

A aldeia de Parada do Monte pertence à União de Freguesia de Parada do Monte e Cubalhão. Segundo dados do Censos de 2011, a freguesia terá um total de 526 habitantes.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde confirmou nesta quarta-feira que o surto pandémico de Covid-19 já provocou 43 mortes e 2.995 infetados.


[Notícia atualizada às 17h30]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.