|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Covid-19. Sindicatos do grupo TAP pedem "serenidade" aos trabalhadores

16 mar, 2020 - 18:43 • Ana Carrilho

Sete sindicatos apelam a que todos cumpram as indicações das autoridades competentes face à pandemia de coronavírus.

A+ / A-

Sete sindicatos representativos dos trabalhadores do grupo TAP fizeram esta segunda-feira uma comunicação aos trabalhadores em que apelam a que estes executem e cumpram “com serenidade” todas as recomendações que são feitas pelas autoridades.

Os sindicatos (filiados da CGTP, UGT e independentes) frisam que a TAP está “comprovadamente e diariamente a seguir todas as indicações das autoridades competentes, divulgando-as pelos meios mais céleres (e-mail e sms) a todos os trabalhadores”.

O comunicado refere que, por isso “devemos estar atentos, ler com atenção e executar/cumprir as recomendações – que poderão transformar-se em obrigações em breve – para que possamos contribuir para o fim da pandemia”.

Recordando quais são os grupos de risco, as organizações sindicais da transportadora aérea nacional referem que os trabalhadores devem passar essa informação.

Além disso lembram que não pode haver ajuntamentos de pessoas e/ou trabalhadores, sob pena de ser considerado desobediência, “com implicações jurídicas”.

O documento, subscrito pelo SIMA (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas Afins), SINDAV (Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos e Aviação), SINTAC (Sindicato dos Trabalhadores da Aviação Civil),SITAVA (Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos), SQAC (sindicato dos Quadros da Aviação Comercial),STHA ( Sindicato dos Trabalhadores de Handling e Aeroportos) e STTAMP (Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Aéreos da Aérea Metropolitana do Porto) reafirma ainda as recomendações da DGS, a começar pela lavagem frequente das mãos, com água e sabão.

O texto termina com uma mensagem de unidade, pondo nesta altura de lado as divergências político-sindicais, para sublinhar que “juntos, enquanto país e comunidade, ultrapassaremos esta situação. Com disciplin

Tem dúvidas sobre o coronavírus? Deixe-nos as suas perguntas aqui e os especialistas de saúde pública respondem em antena e no digital da Renascença.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.