|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Autarcas raianos pedem fecho da fronteira. “Espanhóis continuam a invadir este país”

15 mar, 2020 - 14:50 • Pedro Filipe Silva , Cristina Nascimento

O governo espanhol decretou quarentena nacional, mas centenas de viaturas espanholas continuam a entrar em Portugal.

A+ / A-

Veja também:


Alguns autarcas de municípios que fazem fronteira com Espanha defendem o encerramento imediato das fronteiras.

Em declarações à Renascença, o presidente da Câmara de Castro Marim, no Algarve, apela ao encerramento imediato.

“Não faz sentido nenhum o primeiro-ministro António Costa ir pedir autorização ao primeiro-ministro espanhol para encerrar esta fronteira”, diz Francisco Amaral.

“Estamos a falar de uma virose altamente contagiosa, que vem desde a China, passando por Itália e Espanha. Já devia estar encerrada esta fronteira há muito tempo, para defesa na nossa saúde e da nossa vida”, acrescenta.

O governo espanhol decretou quarentena nacional, mas o autarca algarvio garante que este fim-de-semana eram visíveis viaturas espanholas em Portugal.

“Os espanhóis continuam a invadir este país. Este fim de semana aconteceu isso, dezenas, centenas de carros espanhóis aqui”, descreve.

A norte, o presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz, alinha no mesmo discurso.

“Depois de Espanha ter tomado a decisão de declarar o estado de emergência, parece-nos que a decisão coerente e consistente é também da nossa parte evoluirmos para decisões idênticas”, argumenta.

Nuno Vaz defende a necessidade de “fechar ou controlar as entradas nas fronteiras, seja por via terrestre, seja por via aérea e por via marítima”, de forma a permitir uma avaliação de “todas as pessoas que entram” e evitar a propagação do vírus.

A Direção-geral da Saúde (DGS) confirmou este domingo de manhã que Portugal tem já 245 casos confirmados de coronavírus.

Trata-se de uma subida de 76 casos em comparação com os dados oficiais de sábado, que se traduz num aumento na ordem dos 45%.

Segundo o boletim da DGS, publicado poucos minutos depois das 12h00, há 4.592 pessoas em vigilância.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Gerardo Pérez García
    15 mar, 2020 Don Benito 21:58
    Qué conste que sólo lo digo por lo de que les invadimos, nosotros, igual que ustedes, visitamos. Estoy de acuerdo en que es el momento de no salir de casa y de controlar a los irresponsables, pero no de ofender al vecino con actitudes xenófobas y racistas.
  • Gerardo Pérez García
    15 mar, 2020 Don Benito 17:50
    Cuando todo esto pase, este "señor" querrá que vayamos a gastarnos nuestro dinero en su pueblo. ¿De qué vive el Algarve? Castro Marim, un pueblo Portugués para olvidar.