|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Há 169 infetados com coronavírus em Portugal, mais 51% num dia

14 mar, 2020 - 11:57

São mais 57 casos registados nas últimas 24 horas, mas há um abrandamento na taxa de crescimento de casos suspeitos, segundo os dados da Direção-geral de Saúde. Dez pessoas estão nos cuidados intensivos.

A+ / A-

Há pelo menos 169 infetados com o novo coronavírus em Portugal, segundo os dados divulgados pela Direção-geral de Saúde este sábado, às 12h. Há ainda 1.704 casos suspeitos, o que representa um abrandamento neste indicador. 5.011 pessoas estão sob vigilância e 126 pessoas aguardam resultados laboratoriais. Não há registo de mortes devido à doença em Portugal.

Nas últimas 24 horas registaram-se mais 57 casos e assim a taxa de crescimento de novos casos confirmados aumenta de 44% para 51%, em relação ao dia anterior. É a maior subida registada até agora, o que significa que mais de um terço de todos os casos positivos em Portugal foram confirmados nas últimas 24 horas.

As autoridades já tinham alertado para este facto, dizendo que Portugal ainda está na fase de aumento diário de casos confirmados.

De acordo com o boletim diário da Direção-geral da Saúde, a maioria dos casos continua a registar-se a norte, com 77 pessoas infetadas, mas a região de Lisboa e Vale do Tejo está muito próxima, com 73. O centro tem oito casos, o Algarve oito e o Alentejo, Açores e Madeira não têm nenhum. Há ainda registo de quatro casos de portugueses infetados no estrangeiro.

Dos 169 casos confirmados, 39 que são importados, resultando os restantes de contágio já em Portugal, onde foram identificadas 11 cadeias de transmissão ativas.

O maior grupo de risco são as pessoas idosas e com problemas respiratórios crónicos. Segundo o boletim da DGS há 26 infetados com mais de 60 anos, dos quais três têm mais de 80 anos e onze têm entre 70 e 79 anos. A faixa etária com maior número de infetados é dos 40 aos 49 anos (41 casos).

Apesar de na sexta-feira a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, ter dito que havia mais um paciente recuperado, o que seria o segundo desde que a doença chegou a Portugal, o boletim deste sábado refere apenas um caso.

Há ainda indicação de 114 internamentos, 10 dos quais em cuidados intensivos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.