|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Pedro Siza Viera

Coronavírus. Agências de viagens têm de reembolsar ou adiar viagens de finalistas

13 mar, 2020 - 07:37 • Lusa

Decisão foi tomada no âmbito das medidas do Governo para responder à pandemia.

A+ / A-

As agências de viagens terão de adiar as deslocações de finalistas programadas para as férias da Páscoa ou reembolsar os estudantes, anunciou o ministro Adjunto e da Economia.

Em declarações aos jornalistas, no final do Conselho de Ministros, em que o Governo aprovou medidas para responder à pandemia, o governante disse que foi "aprovado o adiamento das viagens de finalistas que se devam realizar na vigência do decreto-lei", aprovado pelo executivo.

Sem esmiuçar a medida, Pedro Siza Viera adiantou que as agências de viagens "serão obrigadas a oferecer aos interessados alternativas de deslocação em outra época ou a celebrar acordos no sentido de devolução que decorram dos acordos que possam ser estabelecidos".

O briefing do Conselho de Ministros começou já perto da 1h00, tendo sido anunciadas as medidas adotadas pelo Governo para fazer face ao novo coronavírus, como o encerramento de escolas e de discotecas e a limitação do número de pessoas em centros comerciais e serviços públicos e a proibição de desembarque dos passageiros de cruzeiros.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.6984 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 13 mil pessoas, com casos registados em cerca de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • António paiva
    22 mar, 2020 Campo-Valongo 14:35
    A minha filha tinha viagem de finalista marcada mas foi anulado, recebi e-mail que o reembolso era de 60 /: será justo?