|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Conversas Cruzadas
Programa sobre a atualidade que passa ao domingo, às 12h00, com reposição à segunda às 00h00.
A+ / A-
Arquivo
Conversas Cruzadas - 08/03/2020
Conversas Cruzadas - 08/03/2020

Conversas cruzadas

Covid-19, efeito de cascata e "recessão em V"

08 mar, 2020 • José Bastos


Carvalho da Silva, Nuno Botelho e Luís Miguel Ribeiro analisam a atualidade.

O Covid-19 pode empurrar Itália e França para um quadro próximo da recessão técnica, com efeitos em cadeia na zona euro.

Num briefing por teleconferência a Comissão Europeia alertou a meio da semana o Eurogrupo para um cenário complexo em duas das principais economias europeias estão a ser afetadas pelo efeito do coronavírus, ao mesmo tempo, na oferta e na procura.

“Podem surgir efeitos de cascata com origem na falta de liquidez das empresas que tenham de parar a produção o que poderá ser amplificado e propagado pelos mercados financeiros”, lê-se no documento divulgado pela agência Bloomberg. Bruxelas considera ainda que o nível de crédito em incumprimento poderá aumentar “se o vírus persistir mais de três meses”.

O impacto no lado da procura já é evidente nas viagens de turismo e trabalho, eventos empresariais e culturais adiados ou cancelados e os consumidores retraídos. Restrições sobre os movimentos de pessoas, bens e serviços como este domingo em Itália ou medidas de contenção como o encerramento de fábricas, provocam falhas nas cadeias de abastecimento de empresas em todo o mundo comprometendo a oferta de bens que se tornam inexistentes ou muito mais caros.

Os cenários otimistas sugerem que o impacto será temporário, sendo a perda de atividade compensada a seguir. Foi assim em crises económicas por epidemias no passado: a chamada “recessão em V” – a economia afunda de uma vez, mas depois recupera.

E agora como devem os estados reagir? Que medidas para conter os impactos e apoiar a economia? O foco do ministro da Economia deve estar no apoio às PME’s? O que há a fazer na política monetária quando na Europa as taxas de juro estão já muito baixas?

Nuno Botelho, empresário, presidente da Associação Comercial do Porto, Manuel Carvalho da Silva, sociólogo, professor da Universidade de Coimbra e Luís Miguel Ribeiro, gestor, presidente da AEP – Associação Empresarial de Portugal - analisam o quadro económico e social na crise do coronavírus e a mensagem do presidente Marcelo Rebelo de Sousa na cerimónia dos 30 anos do diário Público.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.