Tempo
|
Três por Todos - Assista ao direto Três por Todos - Participe nos leilões
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Jacinto Lucas Pires-Henrique Raposo
Um escritor, dramaturgo e cineasta e um “proletário do teclado” e cronista. Discordam profundamente na maior parte dos temas.
A+ / A-
Arquivo
Jacinto Lucas Pires e Henrique Raposo - Primárias nos EUA e aeroporto no Montijo - 04/03/2020
Jacinto Lucas Pires e Henrique Raposo - Primárias nos EUA e aeroporto no Montijo - 04/03/2020

J. Lucas Pires

Aeroporto no Montijo. “Tudo devia ter começado pelas reuniões com os municípios”

04 mar, 2020 • Marta Grosso , Miguel Coelho (moderação do debate)


Jacinto Lucas Pires e Henrique Raposo debatem o resultado das primárias nos EUA e as reuniões que o primeiro-ministro marcou com os autarcas dos municípios afetados com o novo aeroporto no Montijo.

“Há muitas vezes este tique de, em vez de começar por baixo, pensando de facto no que as populações querem ou quais os interesses das pessoas que estão no terreno, começar no gabinete com uma ideia supostamente iluminada”, afirma Jacinto Lucas Pires.

A propósito das reuniões convocadas pelo primeiro-ministro, António Costa, com os seus municípios afetados pelo futuro aeroporto no Montijo, o comentador defende que o processo deveria “ter começado por aqui, por estas reuniões”.

Henrique Raposo chama a atenção para a “partidarite: as Câmaras do PS – Montijo, Alcochete Barreiro e Almada – dizem que sim, obviamente; as do PCP – Moita, Seixal, Sesimbra, Setúbal e Palmela – dizem que não”.

“Porque é que as pessoas não pensam pela sua própria cabeça?”, questiona.

Antes, os dois comentadores do programa As Três da Manhã comentaram os resultados das primárias nos Estados Unidos, manifestando posições divergentes no que respeita a Bernie Sanders.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.