|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Operação Fora de Jogo

Braga espera investigação "cabal" para afastar "clima de suspeição"

04 mar, 2020 - 16:32 • Redação

Minhoto confirmam buscas na SAD,no âmbito da "Operação Fora de Jogo" e realçam "lisura dos atos de gestão praticados".

A+ / A-

O Sporting de Braga confirma a realização de buscas nas instalações da SAD, esta quarta-feira, e espera que a "Operação Fora de Jogo" consiga afastar o "clima de suspeição" que paira sobre o futebol português.

Em comunicado, o clube minhoto confirma que recebeu "uma equipa de inspetores tributários, que solicitou acesso a documentação, no âmbito de buscas alargadas a todo o País e efetuadas em vários locais, tendo sido prestada toda a informação requerida, conforme a postura colaborante que o SC Braga sempre teve perante as autoridades".

"No estrito respeito pela função das autoridades, o SC Braga deseja e confia que este processo seja cabal quanto ao bom nome da instituição e dos seus representantes, esbatendo o clima de suspeição que paira sobre esta área de atividade", pode ler-se no site oficial do Braga.

O Sporting de Braga remete, ainda, para uma nota oficial emitida a 6 de fevereiro, em que a SAD e todos os seus responsáveis realçaram a "lisura dos atos de gestão praticados". Na altura, também garantiram estar "sempre disponíveis para ceder toda a documentação e informação necessária, cientes de que a mesma é taxativa quanto ao detalhe de cada operação realizada por esta Sociedade e pelos seus responsáveis”.

O clube minhoto assegura que toda a precisão de toda a documentação fornecida "está verificada e validada pelos auditores e pelos reguladores, bem como pelas periódicas fiscalizações da Autoridade Tributária".

A "Operação Fora de Jogo" levou ao cumprimento de 76 mandados de busca, esta quarta-feira, incluindo nas SAD's dos três grandes do futebol português, do Portimonense, do Braga e do Vitória de Guimarães. Liderada pela Autoridade Tributária e Aduaneira e pela Procuradoria-Geral da República, a operação investiga a possível "prática de crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.