|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Índia

Nova Deli abalada por pior violência inter-religiosa das últimas décadas

27 fev, 2020 - 13:05 • Filipe d'Avillez com Reuters

Pelo menos 32 mortos e vários edifícios destruídos, incluindo mesquitas, é o balanço de vários dias de violência entre muçulmanos e hindus na capital indiana.

A+ / A-
Lei da nacionalidade na Índia. Nova Deli vive pior onda de violência inter-religiosa das últimas décadas
Lei da nacionalidade na Índia. Nova Deli vive pior onda de violência inter-religiosa das últimas décadas

A capital indiana de Nova Deli está a ser abalada pela pior onda de violência inter-religiosa das últimas décadas, que já fez pelo menos 32 mortos e viu vários edifícios, incluindo mesquitas, serem destruídos.

A violência resulta do escalar de tensões entre a comunidade muçulmana e hindu a propósito de uma nova lei da cidadania que foi aprovada pelo governo nacionalista hindu de Narendra Modi em dezembro de 2019.

A lei torna mais fácil a vários grupos de migrantes ilegais que fugiram a conflitos e perseguição nos seus países de origem conseguirem nacionalidade indiana. Contudo, a lei especifica as comunidades religiosas abrangidas e exclui muçulmanos.

Os muçulmanos são uma minoria na Índia, mas contabilizam ainda assim cerca de 180 milhões, pouco menos que a população inteira do Paquistão. Nalgumas regiões os muçulmanos são mesmo maioritários na Índia e não deixaram de manifestar o seu desagrado com a legislação, considerando-a discriminatória.

Mas foi em Deli, onde coexistem comunidades muçulmanas e hindus, que a violência já causou mais vítimas, com o número de mortos a ascender a 32 esta quinta-feira e relatos de vários edifícios saqueados e incendiados, incluindo mesquitas.

O primeiro-ministro Narendra Modi já veio apelar à calma e ao convívio pacífico entre comunidades, mas a oposição culpa o Governo pela violência, exigindo a demissão do ministro dos Assuntos Internos.

“A paz e a harmonia são um elemento central da nossa identidade. Peço aos meus irmãos e irmãs de Deli que mantenham a paz e a fraternidade em todas as ocasiões”, apelou Modi.

Durante o dia polícias patrulharam algumas das zonas mais gravemente atingidas, mas não conseguiram impedir que multidões de cidadãos, armados com paus e barras de ferro, andassem pelas ruas a semear a destruição.

A violência coincidiu com a visita à Índia do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.