Tempo
|
A+ / A-

Regionalização. André Ventura está-se "nas tintas para a Constituição"

19 fev, 2020 - 18:20 • Susana Madureira Martins , com redação

Declaração do deputado do Chega recebida com protestos das outras bancadas.

A+ / A-

O deputado do Chega, André Ventura, disse esta quarta-feira que está-se “nas tintas para a Constituição" da República.

André Ventura falava na sessão plenária do Parlamento dedicada ao debate sobre a regionalização.

A lei fundamental prevê a criação das regiões administrativa, mas André Ventura faz tábua rasa desse texto para criticar os projectos de lei do PCP e do Bloco de Esquerda que defendem a regionalização.

“Nós não temos ambiguidades. Honestamente, estou-me nas tintas para o que diga a Constituição…”, declarou o deputado do Chega.

A intervenção provocou protestos de outros deputados, mas André Ventura prosseguiu: “O Chega quer mandar a regionalização para o lixo da história, que é onde devia ter estado”, frisou.

André Ventura a dizer que se está “nas tintas para a Constituição”, numa espécie de rampa de lançamento intencional para a conferência de imprensa que irá dar esta quarta-feira, no Parlamento, sobre o projeto de castração química do Chega para os condenados por pedofilia.

A iniciativa levanta dúvidas ao presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, que na conferência de líderes desta quarta-feira pediu novo parecer para aferir da constitucionalidade do projecto de André Ventura.

A única resposta a estas declarações de André Ventura surgiu do Bloco de Esquerda, com o deputado João Vasconcelos a recordar ao líder do Chega que está sentado no Parlamento à custa da “Constituição da República, ao 25 de Abril e à democracia”.

[notícia atualizada às 19h18]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • António de Oliveira
    03 mai, 2020 Biseu 14:03
    O rei da democracia. Um liberal, sem dúvida. Quer mudar tanto o país mas descentralização não, não vá fugir algum tacho. Não quer saber da Constituição, porque nenhum ditador quer.
  • Rui Lopes
    19 fev, 2020 Setúbal 22:17
    Claro, do que o Chega gosta é da Constituição de 1933. Propostas para Portugal? Há alguma?
  • Guida
    19 fev, 2020 Queluz 22:16
    O Ventura se fosse coerente e tivesse coragem vinha defender os idiotas que fizeram o que fizeram ao Marega. Mas como sabe que isso lhe ia custar votos...fica caladinho. É um parasita dos medos dos portugueses este Ventura.
  • Abaixo regionalizaçã
    19 fev, 2020 Mais politicos, não! 20:10
    A regionalização foi recusada em referendo, mas está a ser feita encapotadamente nas nossas barbas. Descentralização Sim, e até se pode restabelecer os Distritos e os governos civis que conheciam o território como ninguém. Não precisamos de mais uma camada de administração, mais uma camada de parlamentos regionais - a não ser que a AR ficasse reduzida a 121 deputados nacionais e os restantes109 fossem esses deputados regionais e mesmo aí ... - mais uma camada de impostos regionais para sustentar esses órgãos de poder. Se o Chega! é contra a regionalização, tem o meu apoio
  • Faria
    19 fev, 2020 Funchal 19:07
    Novidades? O Chega somente sabe botar abaixo, dizer o que faria melhor, ainda nunca ouvi o Ventura dizer nada.