|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Óbitos

A+ / A-

HSBC corta 35.000 postos de trabalho para reduzir custos

18 fev, 2020 - 09:50 • Redação com agências

Plano de despedimentos do banco britânico vai ocorrer durante os próximos três anos.

A+ / A-

O banco HSBC planeia cortar 35.000 postos de trabalho a nível mundial, o que representa 15% dos seus funcionários. Esta medida faz parte de um plano radical de corte de custos

"É justo dizer que nos próximos três anos o nosso objetivo será reduzir o número atual de funcionários de 235.000 para algo mais próximo de 200.000", revelou o presidente executivo Noel Quinn numa entrevista à agência Bloomberg News.

A instituição britânica quer reduzir os custos em 4,5 mil milhões de dólares nas unidades que estão a mostrar um pior desempenho, tanto nos EUA como na Europa.

A HSBC anunciou uma queda de 53% no seu lucro de 2019, com resultados em algumas atividades considerados "inaceitáveis", assumiu Quinn, que é responsável pela reestruturação.

O banco enfrenta muitas incertezas, provocadas pela guerra comercial entre Estados Unidos e a China, a saída do Reino Unido da União Europeia e agora o novo coronavírus na China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.