RR
|
A+ / A-

Mafra pontua em Coimbra com uma “mãozinha” de Barnes Osei

15 fev, 2020 - 12:58 • Filipe d'Avillez

O Mafra não perde há 13 jogos, mas perdeu uma oportunidade de ganhar três pontos contra a Académica.

A+ / A-

Os poucos espetadores que afluíram ao Estádio Municipal de Coimbra tiveram a oportunidade de ver três lances inesquecíveis do ponta de lança da Académica, Barnes Osei.

Na primeira parte o atacante atirou ao poste não uma, mas duas vezes. Mas o lance mais caricato estava reservado para os 63 minutos quando, isolado à frente do guarda-redes do Mafra deu um toque na bola para tentar contorná-lo. Como o toque não correu de feição, porém, para evitar que o guardião intercetásse a bola, Osei ajeitou-a com a mão.

Ninguém teve dúvidas e nem o próprio protestou quando o árbitro apitou. O pior é que Osei já tinha um amarelo e por isso foi expulso, deixando a sua equipa reduzida a 10.

Foi aí que o Mafra começou a sonhar com mais do que um empate. Até então o domínio tinha pertencido à Académica.

Com 12 jogos seguidos sem perder, o Mafra está em terceiro lugar da Segunda Liga, apenas a um ponto do Farense, que tem agora menos um jogo. A vitória teria colocado o clube em segundo lugar, à condição, mas apesar da pressão não foi possível.

A Académica está quatro pontos atrás, no quinto posto, e pelo meio está ainda o Estoril Praia, que pode alcançar o Mafra se ganhar este sábado contra o Varzim.

Já o Covilhã, no sexto posto, pode ultrapassar a Académica de Coimbra se vencer o Académico de Viseu.

No topo da tabela estão o Nacional da Madeira, com 40 pontos, e o Farense, com 38. O Mafra contabiliza agora 37, com mais um jogo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.