RR
|
A+ / A-

Sporting

Silas confia que os árbitros não se deixam condicionar por críticas

14 fev, 2020 - 13:29 • Redação

O Braga criticou as arbitragens e acusou o Sporting de ser o "clube mais favorecido". Silas apela à imunidade dos árbitros.

A+ / A-

Jorge Silas confia na idoneidade e impermeabilidade dos árbitros a quaisquer tentativas de influência.

No início da semana, o Braga emitiu um comunicado a criticar as arbitragens e a classificar de "inconcebível" o suposto "discurso de vitimização" do Sporting, que, no entender dos minhotos, é "o clube mais favorecido". Questionado sobre o assunto, em conferência de imprensa, o treinador do Sporting mostrou-se confiante na capacidade dos árbitros em manterem-se imunes às tentativas de condicionamento.

"Os árbitros cometem erros em todo o lado. Pontualmente, podemos sentir-nos prejudicados, mas em geral não acho que os árbitros sejam maus. Eu confio nos árbitros portugueses e não acredito que estejam condicionados. Há gente que os pode querer condicionar, mas eles não se deixam condicionar", sublinhou Silas, esta sexta-feira.

Silas fazia a antevisão da visita do Sporting ao Rio Ave, marcada para sábado, às 20h30, no Estádio dos Arcos. Encontro que terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.