|
A+ / A-

Lisboa. Caso suspeito de coronavírus em criança não se confirmou

14 fev, 2020 - 19:24 • Redação com Lusa

Este foi o sétimo caso suspeito analisado pelas autoridades de saúde portuguesas. Todos deram negativo.

A+ / A-

Deram negativas as análises a uma criança internada no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, com suspeitas do novo coronavírus (Covid-19). Portugal continua livre da doença.

Em comunicado, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, indicou que o caso suspeito de infeção "resultou negativo após realização de análises laboratoriais pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge", em Lisboa, precisando que duas amostras biológicas foram negativas.

Este foi o sétimo caso suspeito analisado pelas autoridades de saúde portuguesas.

A criança esteve recentemente na China e ficou doente, com sintomas compatíveis com o novo coronavírus, anunciou ao início da tarde desta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A criança foi encaminhada para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, o “hospital de Referência Pediátrico para estas situações”.

As análises entretanto realizadas dissiparam os receios de poder tratar-se do novo coronavírus, que já infetou mais de 60 mil pessoas na China e em mais de 20 países.

Esta sexta-feira, serão realizadas novas análises ao grupo de 20 pessoas que estão em quarentena no Hospital Curry Cabral, em Lisboa. Se tudo correr bem, poderão deixar o hospital no sábado.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.