|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Dos sete, um será o Carro do ano 2020

14 fev, 2020 - 14:04 • José Carlos Silva

O Júri decidiu, e está decidido. Estão escolhidos os 7 automóveis candidatos ao Essilor Carro do Ano/Volante de Cristal.

A+ / A-

No leque estão dois automóveis japoneses, um sul-coreano e 4 europeus.

Os 19 elementos do júri, de que faz parte um representante da Renascença/RFM, testaram os 28 carros a concurso e decidiram que um dos seguintes automóveis vai suceder ao Peugeot 508 que venceu o ano passado:

BMW Série 1

Kia XCEED

Mazda3 HB

Opel Corsa

Peugeot 208

Skoda Scala

Toyota Corolla

A lista é apresentada por ordem alfabética. Deste lote de sete automóveis, um será distinguido com o título de “Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2020”, recebendo o respetivo representante ou importador o “Troféu Volante de Cristal”.

Para além desta escolha, os jurados terão de escolher o melhor modelo a concurso em sete classes distintas: Citadino, Familiar, Desportivo (inclui descapotáveis), Grandes SUV, SUV’S Compactos, Elétricos e Híbridos.

Na edição deste ano, a comissão organizadora apostou em acompanhar o mercado, e criou duas classes distintas para automóveis eléctricos e híbridos.

Tal como na edição anterior, os jurados são desafiados a escolher os dispositivos mais inovadores e tecnologicamente avançados que consigam beneficiar diretamente a condução e o condutor.

Os testes dinâmicos realizados pela Renascença estão disponíveis no separador Motores em rr.sapo.pt

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.