RR
|
A+ / A-

Sporting

Joaquim Melo defende renovação de Luís Maximiano

13 fev, 2020 - 18:26

O antigo guarda-redes do Sporting não espera outra coisa que não seja renovação com o jovem guardião. Melo vê em Luís Maximiano longa carreira em Alvalade como titular, antevendo que chegará à selecção nacional devido à sua qualidade.

A+ / A-

Luís Maximiano assumiu a titularidade no Sporting no início de Dezembro. Internacional por todos os escalões de formação, a presente época é de afirmação do guarda-redes na baliza da principal equipa do Sporting. O jogador nasceu em Braga e nos sub-14 saltou da formação do Braga para o Sporting, em 2012.

Produto da formação leonina, Luis Maximinano tem contrato até 2023 e uma cláusula de 45 milhões. Em cima está uma proposta de renovação por mais duas épocas. O jornal OJOGO fala em ordenado a triplicar para o guarda redes que aufere 120 mil euros por época e uma cláusula de 60 milhões. Ouvido por Bola Branca, Joaquim Melo, antigo guarda-redes do Sporting aprova a renovação de Luís Maximiano e não esperava outro cenário na ligação do Sporting ao guarda-redes.

"Nem sequer pensaria noutro cenário. Temos de renovar com aquilo que é produto da academia, com a formação que temos e com a qualidade de guarda-redes que temos. Luís Maximiano está na rota disso tudo. Não tenho dúvidas de que o Maximiano vai ser guarda-redes do Sporting por muito tempo. Para o Maximiano sair da baliza, era preciso vir para aí um craque daqueles que custa muito dinheiro, que é coisa que o Sporting não tem. Se se quer contratar um guarda-redes porque Renan quer sair e para obrigar o Maximiano a continuar a trabalhar, então aceito perfeitamente. Luís Maximiano tem vindo a pôr em prática aquilo que trabalhou na academia", afirma.

Nesta entrevista, Melo antevê Luís Maximiano muitos anos na baliza leonino e um sério candidato no futuro à baliza da selecção nacional.

"Ele tem qualidade para ser titular indiscutível no Sporting durante muitos anos. Não estou a ver guarda-redes jovens com a qualidade de Maximiano, pelo que acredito que, mais tarde ou mais cedo, vai aparecer na seleção nacional, porque ele tem muita qualidade para isso. Precisa de um pouco mais de maturidade, de experiência e de contacto internacional", concluiu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.