|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Ferreira Leite não compreende pressa para discutir e aprovar a eutanásia

13 fev, 2020 - 10:58 • Redação

Antiga presidente social-democrata aponta como hipótese um acordo que envolve o Orçamento do Estado.

A+ / A-

Veja também:


Manuela Ferreira Leite não compreende a pressa para discutir e aprovar a eutanásia e acredita que António Costa pode ter realizado um acordo com o Bloco de Esquerda (BE) envolvendo a despenalização da morte assistida.

No espaço de comentário na TVI 24, a antiga líder social-democrata aponta como hipótese um acordo que envolva a aprovação do Orçamento do Estado. Mas, se estiver errada, pede desculpa a António Costa.

Manuela Ferreira Leite lembra que a legalização da eutanásia “tem sido uma bandeira do BE” e que “esta pressa”, numa votação sobre esta matéria, “só se justifica por algum acordo que [o primeiro-ministro] fez” e que agora “tem de ser cumprido”.

“Em troca dás-me a abstenção, a passagem do Orçamento de Estado, que eu dou-te a eutanásia”, exemplificou.

A antiga presidente do PSD junta-se assim a Cavaco Silva e a Passos Coelho, que já vieram mostrar descontentamento quanto à forma como o debate da despenalização da eutanásia está a ser feito no Parlamento.

O grupo parlamentar do PSD reúne-se nesta quinta-feira, para tomar uma decisão quanto à realização de um referendo sobre a matéria.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • me
    14 fev, 2020 14:11
    Como não é — nem alguma vez foi — inteligente, poderia estar calada. Aconselhe-se com o irmão que anda, há anos, em psicanálise. Pode ser que dê bom resultado.
  • Isabel
    13 fev, 2020 12:02
    Se não for esse entendimento do “em troca dás-me a abstenção na passagem do Orçamento de Estado, que eu dou-te a eutanásia”, será outro parecido, pois não se entende, de todo, a pressa em legalizar a eutanásia, com a intenção de ferir os valores da humanidade.