|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

EUA

"É o início do fim de Trump". Bernie Sanders vence primária em New Hampshire

12 fev, 2020 - 08:00 • Redação com Lusa

Noite ficou marcada por duas desistências democratas na corrida à Casa Branca: a do empresário Andrew Yang e do senador Michael Bennet.

A+ / A-

O senador Bernie Sanders venceu esta terça-feira a primária do Partido Democrata no estado de New Hampshire, ficando à frente do ex-autarca Pete Buttigieg.

"Este é o início do fim de Donald Trump", afirmou o senador, de 78 anos, perante os seus apoiantes em New Hampshire, referindo-se ao Presidente norte-americano.

"A nossa campanha não se trata apenas de ganhar a (Donald) Trump, é de transformar os Estados Unidos", sublinhou.

Na segunda votação das primárias do Partido democrata para a corrida à Casa Branca, Sanders recebeu 26% (cerca de 71.400 votos), enquanto Buttigieg obteve 24,4% (67.000 votos).

Em terceiro lugar ficou a senadora Amy Klobuchar com 19,7%, seguindo-se a também senadora Elizabeth Warren com 9,4% e o ex-vice-Presidente Joe Biden com 8,4%.

A noite também marcada pelo anúncio do candidato democrata Andrew Yang de que vai abandonar a corrida à Casa Branca, na sequência do fraco resultado que, tudo indica que vai obter. “Eu sou um matemático e é óbvio depois desta noite, com estes números, não vencerei esta corrida", explicou, na terça-feira à noite, aos seus apoiantes, o empresário de 45 anos de idade.

As projeções dos resultados nas primárias colocaram Yang em oitavo lugar, com 2,9%.

O empresário, que lançou a sua campanha em 2017, participou nos sete debates organizados pelo Partido Democrata, o último dos quais ocorreu na sexta-feira em New Hampshire.

A primária do estado do New Hampshire no Partido Democrata causou também mais uma desistência: o senador Michael Bennet, que teve apenas 0,1% dos votos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • me
    12 fev, 2020 14:25
    Sempre houve, sempre há e sempre haverá pessoas pouco dotas de inteligência.