|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

OMS

Coronavírus. Vacina contra Covid-19 deverá demorar ano e meio a ser desenvolvida

11 fev, 2020 - 17:41 • Agência Lusa

Novo nome oficial do vírus nasce do acrónimo em inglês da expressão “doença por coronavírus” (‘corona virus disease’).

A+ / A-

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que uma vacina contra o novo coronavírus detetado na China deve demorar cerca de um ano e meio a ser desenvolvida.

“A primeira vacina poderá estar pronta em 18 meses. Agora temos de nos preparar para usar as armas que temos ao nosso alcance para lutar contra este vírus”, declarou o diretor-geral da OMS numa conferência de imprensa em Genebra esta terça-feira.

Tedros Adhanom Ghebreyesus adiantou aos jornalistas que o diretor executivo da OMS para as Emergências em Saúde, Michael Ryan, vai liderar a partir de hoje um gabinete de crise para coordenar a resposta contra a epidemia pelo atual coronavírus, que provoca uma doença hoje oficialmente designada Covid-2019.

A OMS decidiu usar um nome que seja pronunciável e que não remeta para uma localização geográfica específica, um animal ou grupo de pessoas para evitar estigmatizações, segundo explicou o diretor-geral da OMS.

O nome nasce do acrónimo em inglês da expressão “doença por coronavírus” (‘corona virus disease’).

Cientistas, investigadores e peritos de saúde pública estão a partir de hoje em Genebra (Suíça) num fórum de dois dias para debater formas de controlar e lidar com o surto do novo coronavírus detetado na China.

A reunião, que junta investigadores, peritos e responsáveis de saúde, foi convocada pela OMS, pretende coordenar os esforços para encontrar respostas para a nova epidemia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.