|
A+ / A-

Parlamento aprova taxa sobre o setor das celuloses

04 fev, 2020 - 20:33 • Susana Madureira Martins

A proposta criou polémica na bancada do PS, com o deputado Ascenso Simões a mostrar-se profundamente desagradado.

A+ / A-

Veja também:


A proposta do Bloco de Esquerda (BE), de criação de uma taxa sobre o setor da celulose, foi aprovada esta terça-feira tarde no Parlamento.

A medida recebeu luz verde no segundo dia de votações do Orçamento do Estado para 2020, com votos a favor do PCP, PS e PAN e votos contra das restantes bancadas.

O texto do Bloco estabelece uma taxa anual a incidir sobre o volume de negócios de empresas que exerçam, como atividade económica, a utilização de forma intensiva de recursos florestais.

A proposta criou polémica na bancada do PS, com o deputado Ascenso Simões a mostrar-se profundamente desagradado com a abertura demonstrada pelo ministro do Ambiente, Matos Fernandes, em relação à criação desta taxa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.