|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Caso Tancos. Azeredo Lopes garante que “nunca soube de qualquer encenação”

03 fev, 2020 - 22:17 • Redação

Antigo ministro da Defesa nega o conteúdo do que diz serem “notícias falsas” e afirma ser “rotundamente falso” que tenha confessado que tinha conhecimento da "farsa" de Tancos.

A+ / A-

O antigo ministro da Defesa Azeredo Lopes desmente notícias publicadas esta segunda-feira e garante que “nunca soube de qualquer encenação” para a recuperação das armas furtadas da base militar de Tancos.

Arguido no caso de Tancos, Azeredo Lopes foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução Carlos Alexandre.

Azeredo Lopes nega o conteúdo do que diz serem “notícias falsas” e afirma, em comunicado, que é “rotundamente falso” que no seu depoimento tenha “’confessado’ ou ‘admitido’ que tinha conhecimento da ‘encenação’ ou ‘farsa’ de Tancos”.

“Não o disse ou poderia dizer, até porque isso não aconteceu e, portanto, estaria a mentir”, afirma o arguido.

Azeredo Lopes não revela o que disse no interrogatório ao juiz Carlos Alexandre, mas reafirma que “nunca soube de qualquer encenação da entrega de armamento”.

“Se isso me tivesse sido comunicado, imediatamente teria participado às entidades competentes; jamais encobriria qualquer crime, fosse em nome do que fosse”, conclui o antigo ministro da Defesa à altura dos factos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.