Tempo
|
A+ / A-

Conferência de líderes

​Partidos repudiam declaração de Ventura sobre Joacine, mas não avançam com qualquer voto

30 jan, 2020 - 13:05 • Paula Caeiro Varela

Deputado do Chega defendeu publicamente que Joacine Katar Moreira devia ser “devolvida ao seu país de origem”.

A+ / A-

Todos os partidos com assento na conferência de líderes parlamentares reprovaram e repudiaram a mensagem de André Ventura, líder do Chega, sobre a deputada Joacine Katar Moreira, do Livre, mas para já nenhum vai avançar com qualquer voto de condenação no plenário do Parlamento.

O assunto foi discutido esta quinta-feira na conferência de líderes, dois dias depois de André Ventura ter sugerido que a deputada do Livre, portuguesa de ascendência cabo-verdiana, fosse “devolvida ao seu país de origem”.

A mensagem do deputado na rede social Facebook motivou, de imediato, declarações de reprovação de vários partidos, bem como da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, e do presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

O Bloco de Esquerda, através de uma publicação do líder parlamentar, Pedro Filipe Soares, anunciou que ia pedir a condenação do Parlamento às declarações de Ventura.

Esta quinta-feira, de acordo com o que a Renascença apurou, o assunto foi discutido na conferência de líderes, onde houve um repúdio unânime dos partidos que têm lugar naquela reunião – PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN e PEV. Contudo, ficou acordado que os partidos não vão avançar com qualquer voto em plenário.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Força, André
    30 jan, 2020 Força, Chega! 14:06
    Repudiem à vontade, que fora do Parlamento os cidadãos votantes também repudiam, mas repudiam a vossa hipocrisia e o vosso complô de amigos. O Chega! e o André Ventura, vieram dar Voz a uma franja da população portuguesa que não se revê nos partidos tradicionais, e que vistas as coisas não é tão pequena assim. O complô dos amigos com assento na AR, julgavam que a eleição tinha sido por acaso e que em duas penadas acabavam com o André e com o Chega! mas acho que já começaram a perceber que quanto mais o atacam, mais eles sobem nas sondagens. Já ultrapassaram o CDS em intenções de voto e estão praticamente em empate técnico com o PCP. Os alarmes estão a soar e daqui para a frente, só piora ... Força, André!

Destaques V+