Hora da Verdade

Francisco Louçã. “É impossível que Teixeira dos Santos continue à frente do EuroBic”

29 jan, 2020 - 20:27 • Eunice Lourenço (Renascença) e Helena Pereira (Público)

É membro do conselho consultivo do Banco de Portugal, ex-coordenador do Bloco de Esquerda (BE) e coautor do livro “Os novos donos angolanos de Portugal”. Em entrevista à Renascença e jornal “Público”, Francisco Louçã critica duramente Carlos Costa e Teixeira dos Santos, defende uma “reestruturação profunda” do Banco de Portugal e aponta o dedo ao poder político que criou “um biombo” em torno dos negócios de Isabel dos Santos. Sobre as eleições presidenciais, Loução considera que uma candidatura de Ana Gomes seria "oportunismo"

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Reportagem
Eu Eleitor hyper

Eu, eleitor

Retratos do país que vota

Que país é este que vai às urnas? Até às eleições legislativas, a Renascença apresenta retratos de 18 eleitores dos círculos eleitorais de Portugal continental, olhando as características e dificuldades de cada distrito.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.