|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Papa expressa ao Presidente do Iraque a sua preocupação pelos cristãos

25 jan, 2020 - 11:05 • Filipe d'Avillez

No mais recente episódio de perseguição, quatro funcionários de uma ONG cristã foram raptados em Bagdad. Trata-se de um iraquiano e três franceses.

A+ / A-

O Presidente do Iraque, Barham Salih, esteve este sábado no Vaticano, onde foi recebido pelo Papa Francisco.

Segundo uma nota enviada à Renascença pela sala de imprensa da Santa Sé, depois de uma audiência privada com Francisco o Presidente encontrou-se com o Secretário de Estado, o cardeal Pietro Parolin e com o secretário para as Relações com os Estados, o arcebispo Paul Galagher.

“Durante a conversa cordial foram referidas as boas relações bilaterais e as partes focaram os desafios que o país enfrenta atualmente, bem como a importância de promover a estabilidade e o processo de reconstrução, encorajando um caminho de diálogo e a busca de soluções adequadas para os cidadãos, com respeito pela soberania nacional”, lê-se.

Outro assunto abordado foi a importância de ajudar a preservar a presença dos cristãos no Iraque. Os cristãos chegaram a ser dois milhões no final do Século XX, mas desde a invasão americana e a deposição do regime de Saddam Hussein as dificuldades económicas e sucessivas ondas de perseguição levaram a esmagadora maioria a abandonar o país. Hoje, as estimativas mais otimistas apontam para cerca de 200 mil, mas podem ser ainda menos.

Precisamente na véspera da visita de Salih a Roma soube-se do desaparecimento, em Bagdad, de quatro funcionários de uma ONG cristã francesa que se dedica a trabalhar com os cristãos do oriente.

Os três cidadãos franceses, e um iraquiano, estavam em Bagdad para renovar os vistos e registar oficialmente a associação quando desapareceram perto da embaixada francesa. O grupo SOS Chretiens d’Orient disse que ainda não recebeu qualquer pedido de resgate pelos trabalhadores e que as autoridades de França e do Iraque estão a trabalhar em conjunto para os localizar.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.