|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Óbitos

A+ / A-

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

24 jan, 2020 - 17:55 • Lusa

Posição assumida no parlamento, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objeto de deliberação em plenário parlamentar.

A+ / A-

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu, esta sexta-feira, o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos.

Joacine assumiu esta posição no final de uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objeto de deliberação em plenário parlamentar, quando estava em discussão uma proposta que partiu do deputado da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, sobre a possibilidade de um voto subir diretamente a plenário se fosse subscrito por mais do que um partido - uma solução depois foi afastada pelo PS e PCP.

A deputada do Livre referiu que o Regimento da Assembleia da República, nesta questão da apresentação de votos diretamente para plenário do parlamento, deveria contemplar os deputados não inscritos, sem qualquer ligação a partidos.

O vice-presidente da Assembleia da República e dirigente do Bloco de Esquerda José Manuel Pureza pôs toda a sala a rir quando logo a seguir perguntou: "Isso é uma antecipação de alguma coisa senhora deputada?"

"Antecipação nenhuma senhor deputado, é uma hipótese", argumentou Katar Moreira, que tem protagonizado divergências públicas com dirigentes do Livre, partido que já ameaçou retirar-lhe a confiança política.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.