|
A+ / A-

GNR apreende armas roubadas ao exército suíço em Vila Nova de Paiva

24 jan, 2020 - 07:51 • Carla Caixinha

O material estava enterrado próximo da residência de dois arguidos detidos na Suíça.

A+ / A-

Um homem, de 46 anos, foi identificado pela GNR em Vila Nova de Paiva por posse de armas que tinham sido furtadas ao exército suíço. O material estava enterrado próximo da residência de dois arguidos detidos na Suíça.

Em comunicado enviado à redação, a GNR esclarece que, além das seis espingardas, apreendeu material de fardamento do exército suíço, 14 bicicletas de várias marcas, que tinham igualmente sido roubadas na Suíça e estavam espalhadas por diversas garagens e armazéns, e apreendeu ainda dois motociclos.

O mesmo comunicado refere que o “suspeito foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Sátão”.

As diligências levadas a cabo pelo Comando Territorial de Viseu tinham sido solicitadas pelas autoridades judiciais suíças.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.