|
A+ / A-

Luanda Leaks. Banco de Portugal não está a reavaliar idoneidade de Teixeira dos Santos

24 jan, 2020 - 14:02 • Lusa

Em resposta a questões da Lusa, o supervisor do setor bancário reitera que pediu ao EuroBic informações relativas ao modo como cumpriu as normas de prevenção de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo e que retirará as necessárias consequências.

A+ / A-

O Banco de Portugal não está a reavaliar a idoneidade do presidente do EuroBic, Teixeira dos Santos, na sequência do caso Luanda Leaks, que envolvem a acionista do banco Isabel dos Santos, segundo resposta do regulador enviada à agência Lusa.

"Neste momento, não está em curso qualquer processo de reavaliação de idoneidade relativamente aos membros dos órgãos sociais do EuroBic" (dos quais o presidente faz parte), pode ler-se numa resposta do Banco de Portugal.

Nas respostas enviadas à Lusa, o supervisor do setor bancário reiterou que pediu ao EuroBic informações relativas ao modo como cumpriu as normas de prevenção de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo e que retirará as necessárias consequências.

Isabel dos Santos era accionista de 42,5% do EuroBic, detendo a maior fatia entre os detentores de participações sociais do banco fundado em 2008.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.