|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

PJ não tem aberto nenhum inquérito sobre Isabel dos Santos

23 jan, 2020 - 14:51 • Celso Paiva Sol , Filipe d'Avillez

A Polícia Judiciária tem colaborado com os seus homólogos angolanos e está disponível para fazer o que lhe for pedido pelo Ministério Público.

A+ / A-

A Polícia Judiciária não tem qualquer inquérito a decorrer relativo a Isabel dos Santos.

A confirmação foi dada pelo próprio diretor nacional da PJ, Luís Neves, que confirma, todavia, a existência de contactos com as autoridades angolanas, mas apenas ao nível da formação e cooperação em técnicas de investigação criminal relacionada com os crimes económicos.

“A PJ, num período relativamente recente, já interagiu com os seus homólogos, em termos de polícia de investigação criminal, outras estruturas angolanas nesta matéria e com o MP angolano, na perspetiva quer de conhecimento e de formação na área das unidades de informação financeira e na recuperação de ativos. Não focalizámos em qualquer questão concreta que esteja em cima da mesa neste momento”, diz Luís Neves, numa altura em que se encontra em Portugal o procurador-geral da República de Angola.

Contudo, a Judiciária está disponível e fará aquilo que o Ministério Publico entender.

“A PJ, nesta matéria como em muitas outras, trabalha na dependência do Ministério Público e das autoridades judiciais. Naturalmente, o que nos viera a ser solicitado pela via dos canais adequados, terá uma resposta como sempre teve”, diz o diretor da PJ portuguesa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.