|
A+ / A-

Depressões Elsa e Fabien causaram prejuízos de quase 10 milhões no Centro e Norte do país

21 jan, 2020 - 00:01 • José Carlos Silva , com redação

Números foram avançados à Renascença pela ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque. Prazo para entrega de pedidos de ajudas estatais terminou na segunda-feira.

A+ / A-

Os prejuízos causados pelas depressões Elsa e Fabien nas regiões Centro e Norte rondam os 9,4 milhões de euros, avança o Ministério da Agricultura.

Em declarações à Renascença, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, apresenta os dados disponíveis nesta altura, após o fim do prazo para comunicar ao Estado os prejuízos, que terminou na segunda-feira.

“Temos uma ideia que em toda a região Centro se estimam 3,9 milhões de euros [de prejuízos], distribuídos em duas medidas: uma para a reposição do potencial produtivo e outra para a drenagem, desassoreamento e reposição dos solos, com um valor bem mais pequeno. No Norte estima-se que esses prejuízos possam andar em cerca de 5,5 milhões de euros.”

O processo de ajuda estatal segue agora os trâmites normais. A ministra da Agricultura considera que o processo será agora muito rápido.

“As candidaturas sendo apresentadas, validadas e feitos os contratos, todo o processo é muito rápido, desde que – e este é sempre um momento de maior pressão – as candidaturas venham bem instruídas para esta tramitação ser rápida”, sublinha Maria do Céu Albuquerque.

As ajudas podem chegar às contas bancárias ainda durante a Primavera, apurou a Renascença.

Estes danos nas regiões Centro e Norte aconteceram após a passagem das depressões Elsa e Fabien, há cerca de um mês.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.