|
A+ / A-

Trump apelida ativistas do clima de “profetas da desgraça”

21 jan, 2020 - 13:50 • Filipe d'Avillez com Reuters

Greta Thunberg estava na audiência e lamentou as “palavras e promessas vazias” de líderes mundiais que criticam o pessimismo e não apresentam soluções.

A+ / A-

O Presidente dos Estados Unidos falou esta terça-feira no Fórum Económico Mundial de líderes mundiais em Davos, na Suíça, onde apelidou os ativistas contra as alterações climáticas de “profetas da desgraça” e “herdeiros dos leitores de sinas do passado”.

O foco de Davos este ano é precisamente o ambiente e Trump referiu-se ao tema, de forma breve, dizendo que os Estados Unidos iam juntar-se a uma iniciativa de plantar um bilião de árvores. “Acredito firmemente no ambiente. Quero ter a água mais limpa e o ar mais limpo”, afirmou o Presidente.

No resto do seu discurso Donald Trump aproveitou para elogiar o estado da economia americana e agradeceu às empresas estrangeiras que estão a investir no país.

A presença do Presidente e as suas palavras mereceram algumas críticas de outros participantes. A jovem ativista Greta Thunberg lamentou as “palavras e promessas vazias” de líderes mundiais que dizem “que as crianças não se devem preocupar, nem ser demasiado pessimistas, depois nada, silêncio”.

Também o economista e Nobel da Paz Joseph Stiglitz criticou o Presidente e a sua condenação dos “pessimistas”, dizendo “é como se as coisas que estamos a ver com os nossos olhos não estivessem lá. É espantoso”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.